Cinema e Turismo da Natureza

O Governo da Extremadura, em Espanha, realiza o primeiro festival nternacional de Cinema de Turismo da Natureza com candidaturas abertas até 18 de Fevereiro

De 7 a 9 de Abril, terá lugar em Cáceres a primeira edição do CINEXTUR, Certame Internacional de Cinema de Turismo da Natureza. Com esta iniciativa, o Ministério Regional da Cultura e Turismo do governo da Extremadura pretende seleccionar e premiar obras que valorizem o meio natural como recurso turístico para o desenvolvimento sustentável de uma região.
 
Segundo a organização, o CINEXTUR não tem como objectivo ser um certame sobre a protecção do meio ambiente, mas sim mostrar os recursos naturais e a paisagem como elementos que se podem converter em motivos turísticos, em cenário de bem-estar e lazer. Vão, por isso, estar em exibição obras audiovisuais que promovam a riqueza do território e a forma como esta riqueza pode ser conhecida e apreciada pelo visitante.
 
O melhor documentário de Turismo de Natureza e a obra de ficção/animação que melhor reflicta os valores paisagísticos e naturais onde foi rodada vão receber 5000 euros cada. Há ainda um Prémio “Tejo Internacional”, do mesmo valor monetário, para a melhor obra filmada na Extremadura, independentemente da nacionalidade do director ou produtor.
 
Na selecção dos vencedores, o júri valorizará a capacidade criativa, artística e plástica na forma de interpretar visualmente os espaços ou territórios, a originalidade na eleição dos temas tratados, a inovação, montagem de produção e capacidade de atracção do filme.
 
São admitidos a concurso documentários, realizados não antes de 1 de Janeiro de 2008 e com um máximo de 55 minutos de duração (incluindo créditos), de qualquer nacionalidade. De fora ficam obras com um marcado carácter institucional ou publicitário. A inscrição e mais pormenores estão disponíveis online.

O CINEXTUR enquadra-se na terceira edição do Festival de Aves da Cidade de Cáceres, ao encontro da aposta da Extremadura no desenvolvimento do turismo sustentável. O Ministério Regional da Cultura e Turismo quer, desta forma, lançar o debate sobre como desenvolver de forma equilibrada, a par da protecção do património cultural e artístico, o principal recurso turístico da região: a diversidade da paisagem natural extremenha.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em NOTÍCIAS com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s